domingo, 14 de julho de 2024
Facebook Instagram Twitter Youtube TikTok E-mail
48 3191-0403
Variedades
05/07/2024 12h29

Nutrição com Cláudia Levandoski: rosquinhas de maçã com canela

Cláudia possui uma coluna de nutrição na edição impressa do HC Notícias; agora ela também compartilha seus conhecimentos também com os leitores do Portal HC
Nutrição com Cláudia Levandoski: rosquinhas de maçã com canela

Por:  Cláudia Levandoski

 

Acho que todos nós já comemos alguma rosquinha, assim chamada pelo formato. Rosquinhas são antigas em sua popularidade... elas têm um quê de Comfort Food... quem não lembra de ter comido rosquinha na infância? Em minha casa era bem comum... no café da tarde, salpicada com açúcar e canela, feitas na frigideira imersas em óleo e a gente adorava. Como não era tão comum as padarias perto de casa, e toda a industrialização de hoje, essa era uma das poucas gorduras que se comia. Quando chegava uma visita, muito comum naquele tempo, geralmente fim de semana, minha mãe fazia rosquinhas, eram rápidas de preparar e um agrado à visita, já que era um prato preparado pela dona da casa e feito na horinha. Lembro bem daquele sabor na minha boca, nunca tive mãos de fada como minha mãe para esses preparos. Aventurei-me a testar essa receita de rosquinha de maçã com canela assadas em forno tradicional. Bora lá, cozinhar comigo?

PUBLICIDADE

Para essa receita você vai precisar de:

1 e ½ maçã descascada  
Canela a gosto  
1 colher (sopa – rasa) de açúcar de coco – pode substituir por outro adoçante  
2 colheres (sopa) de manteiga  
2 ovos  
1 xícara (chá) de farinha de amêndoas – pode substituir por farinha de aveia  
1 colher (sopa – rasa) de fermento em pó  

Modo de Preparo:

Descascar a maçã e cortar em cubos, colocar canela a gosto e levar ao microondas por 5 minutos para amolecer.

Colocar a massa aquecida e amolecida no processador e triturar, formará um creme, acrescentar os ovos batidos, o adoçante, mais um pouquinho de canela, a farinha de amêndoas ou de aveia, o fermento. Misturar bem.

Colocar em forminhas de cupcake ou de bolinhos, levar para assar em forno pré-aquecido a 180 graus por 15 minutos. Observar tempo do forno pode variar de um para outro.

Deliciar-se com o sabor da fruta e textura da farinha... hummmmmm!

 

 

VAMOS FALAR DE NUTRIÇÃO?

PUBLICIDADE

COMO MELHORAR A SAÚDE NA MEIA IDADE

A idade X Saúde X Sedentarismo

 

Algum tipo de atividade física é essencial em todas as idades e principalmente na meia idade, mas o sedentarismo se apresenta como uma ameaça à saúde da população. Às vezes o custo de uma academia, clube de esportes pode pesar no bolso de muitas pessoas, o clima também pode influenciar, muito frio, muito calor, são barreiras que aparecem na vida de muitas pessoas. A dieta ajuda e muito, mas junto com atividade física auxilia muito mais na saúde, uma caminhada atende muito bem o exercício físico, e é uma prática que se pode fazer ao ar livre, sem custos. A atividade física faz com que se avance a idade com mais qualidade de vida.

Saúde do intestino


Há relação entre o sistema imunológico e nervoso com a microbiota (composição da flora intestinal). As alterações do nosso estilo de vida nessa fase podem alterar o intestino. Por exemplo, menor ingestão de água e fibras. Interfere diretamente no bom funcionamento do intestino.

Antioxidantes X radicais livres X vitaminas X minerais
Na meia idade, nossa capacidade antioxidante ainda se mantém parecida com a de quando somos jovens. Mas a exposição a elementos que geram radicais livres está aí no mundo, como exposição a cigarros, agrotóxicos, poluentes... Mas temos como atender e manter nossa capacidade antioxidante através de alimentos. Como? Alimentos antioxidantes como os ricos em vitamina C, betacaroteno, ou suplementos. Mas a suplementação em excesso pode nos atrapalhar, por isso deve ser orientada e monitorada por profissional da saúde, Nutricionista. Estilo de vida, preferências alimentares, são variáveis e interferem diretamente na saúde. Mas essas demandas precisam ser avaliadas e auxiliadas por um Nutricionista.

 

Saúde óssea X cálcio X Vitamina D


Por volta dos 20, 30 anos há o pico de acúmulo de massa óssea para homens e mulheres, mantem-se razoavelmente estável até os 50 anos e depois registra perdas, mesmo antes da diminuição dos hormônios sexuais. Baixa ingestão de alimentos ricos em cálcio, como fazer dietas sem consumo de laticínios sem ter problemas de lactose, por exemplo, por ser dieta da moda, prometer emagrecer etc etc.... pode prejudicar outro lado da saúde. Sedentarismo também está relacionado a problemas como osteoporose e osteopenia, assim como a baixa ingestão de alimentos ricos em cálcio e vitamina D. Nessa faixa etária a pessoa apode se tornar mais sujeita a acidentes, que podem acontecer em qualquer idade, mas para uma boa recuperação depende da saúde dos ossos. Envelhecer com qualidade de vida é e deve ser a meta de todos, mas alguns cuidados com estilo de vida e alimentação são necessários. Profissional da Nutrição poderá auxiliar, orientar e encontrar soluções para uma vida mais saudável e plena.


HC Notícias
48 3191-0403
48 9 8806-3734
Rua Altamiro Guimarães, 50
88701-300 - Centro - Tubarão/SC
Hora Certa Notícias © 2019. Todos os direitos reservados. Política de Privacidade

Utilizamos cookies essenciais e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade e, ao continuar navegando, você concorda com estas condições.