terça, 21 de maio de 2024
Facebook Instagram Twitter Youtube TikTok E-mail
48 3191-0403
Variedades
26/01/2024 14h40

Internacional: gêmeas roubadas no nascimento se reencontram após vídeo no TikTok

Elas foram separadas ao nascer por um esquema de tráfico infantil na Geórgia e encontram-se após 19 anos graças a um vídeo viral no TikTok
Internacional: gêmeas roubadas no nascimento se reencontram após vídeo no TikTok
Amy Khvitia e Ano Sartania, duas gêmeas idênticas, só descobriram a existência uma da outra aos 19 anos de idade. Separadas logo após o nascimento, elas foram vendidas para famílias diferentes, fazendo parte de um terrível esquema de tráfico de bebês na Geórgia.


A história das gêmeas Amy e Ano é um relato chocante de como milhares de bebês foram roubados de seus pais e vendidos em um mercado clandestino que operou por décadas no país. Graças a um vídeo no TikTok e a uma série de eventos coincidentes, as duas jovens finalmente se encontraram, iniciando uma jornada em busca de respostas sobre seu passado obscuro.


A trajetória das gêmeas começou quando tinham apenas 12 anos, quando Amy viu uma garota dançando na TV, que era idêntica a ela. Esse foi apenas o primeiro indício de uma ligação que ainda estava por ser descoberta. Anos depois, aos 19 anos, um vídeo postado por Amy no TikTok chamou a atenção de Ano, desencadeando uma série de eventos que levaram ao tão esperado reencontro.

PUBLICIDADE
Enquanto investigavam seu passado, Amy e Ano perceberam que eram apenas duas entre milhares de vítimas de um esquema de tráfico de bebês que assolou a Geórgia por décadas. Mesmo com as tentativas oficiais de investigação, ninguém foi responsabilizado até o momento.


Determinadas a descobrir a verdade sobre seu nascimento e as circunstâncias que as separaram, as gêmeas decidiram confrontar suas famílias adotivas e iniciar uma busca por suas raízes biológicas. Essa jornada as levou a encontrar sua mãe biológica, Aza, em um emocionante encontro na Alemanha.


O reencontro com sua mãe biológica trouxe uma mistura de emoções para Amy e Ano. Enquanto Amy estava visivelmente emocionada e aberta a uma reconciliação, Ano mostrou-se mais cética e reservada, hesitando em se abrir completamente.

PUBLICIDADE

A história das gêmeas roubadas após o nascimento é apenas uma entre muitas que estão sendo expostas na Geórgia, graças ao trabalho de pessoas como a jornalista Tamuna Museridze e a advogada de direitos humanos Lia Mukhashavria. Elas lutam para trazer à luz a verdade por trás desses crimes hediondos e garantir que as vítimas obtenham justiça e paz em suas vidas.


Enquanto o governo georgiano lança investigações e promete agir, as histórias de Amy, Ano e muitas outras vítimas destacam a necessidade urgente de responsabilização e reformas para evitar que tais atrocidades ocorram no futuro.


HC Notícias
48 3191-0403
48 9 8806-3734
Rua Altamiro Guimarães, 50
88701-300 - Centro - Tubarão/SC
Hora Certa Notícias © 2019. Todos os direitos reservados. Política de Privacidade

Utilizamos cookies essenciais e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade e, ao continuar navegando, você concorda com estas condições.