sexta, 30 de outubro de 2020
Facebook Instagram Twitter Youtube E-mail
48 3191-0403
Tubarão
21 ºC 12 ºC
Segurança
02/11/2018 16h28

Comunidade acadêmica reúne-se em homenagem a Gabriel Batista de Souza

Gabriel era acadêmico do Curso de Bacharelado em Teatro, da Unesc, em Criciúma. Ele foi assassinado com uma facada no peito na madrugada dessa quinta-feira (1), em Cascavel (PR), para onde tinha ido passar o feriado
Comunidade acadêmica reúne-se em homenagem a Gabriel Batista de Souza
Sob uma fina chuva que caía quase como se fizesse parte do cenário de tristeza, estudantes e professores se reuniram na noite desta quinta-feira (01/11) para uma homenagem ao estudante Gabriel Batista de Souza, de 21 anos, morto em Cascavel. A morte prematura do jovem, que era acadêmico do curso de Bacharelado em Teatro, deixou um cenário de profunda tristeza para aqueles que o conheceram e conviveram com ele em sua passagem pela Unesc.

No total, mais de 200 pessoas entre alunos dos cursos de Teatro e Artes Visuais, além de colaboradores e professores, estiveram, emocionados, de mãos dadas por longos minutos em um silêncio interrompido apenas pelos sons de choro e pelas falas de oração, carinho, lembranças e protestos.

Um a um, os amigos que sentiam vontade de manifestar algum sentimento, homenagem ou recordação foram até o centro do grande círculo e, ao falarem aquilo que vinha ao coração, posicionaram flores. Ao final das falas, uma mandala foi criada no centro da praça, em frente ao Bloco Z, espaço por inúmeras vezes frequentado por Gabriel em seu tempo de estudo na Unesc.

Entre os presentes, a atriz Yonara Marques destacou, ao final das falas, que Gabriel foi luz em vida e seguirá sendo a partir de agora. “Agora vamos deixar essa mandala formada aqui para que a chuva caia, o sol queime, a poeira passe. Sintam-se à vontade para continuar montando ela hoje, amanhã ou depois. Vamos seguir os nossos dias agora, tristes, é claro, mas mais resistentes. Sigamos levando o carinho um pelo outro. E que o Gabriel, que já é luz e nos trouxe muita luz e encorajamento, seja a nossa coragem e sirva de exemplo para muitas coisas. Sigamos com carinho um pelo outro.  Que a gente siga nessa luz dele”, comentou.




A Polícia Civil do Paraná está apurando as circunstâncias e a autoria do assassinato de Gabriel Batista de Souza, de 21 anos, morto com uma facada no peito na madrugada dessa quinta-feira (1), em Cascavel (PR). Gabriel era acadêmico do Curso de Bacharelado em Teatro, da Unesc, em Criciúma.

O jovem chegou a pedir socorro depois de ter sido agredido, mas não resistiu ao ferimento e morreu ainda antes da chegada do atendimento. Gabriel era natural de Cascavel.


Com informações Unesc Criciúma
PUBLICIDADE

HC Notícias
48 3191-0403
48 9 8806-3734
Rua Altamiro Guimarães, 50
88701-300 - Centro - Tubarão/SC
Hora Certa Notícias © 2019. Todos os direitos reservados.
Demand Tecnologia