domingo, 20 de setembro de 2020
Facebook Instagram Twitter Youtube E-mail
48 3191-0403
Tubarão
22 ºC 14 ºC
Segurança
01/11/2018 00h39

Operação apreende mais de 20 mil produtos ilegais que valem cerca de R$ 2 milhões

Também foi apreendida uma quantidade expressiva de eletrônicos, recolhidos pela Receita Federal, em autuações pelo crime de descaminho.
Operação apreende mais de 20 mil produtos ilegais que valem cerca de R$ 2 milhões
No segundo dia de operação integrada contra o contrabando, descaminho e falsificação de produtos vendidos no centro de Florianópolis, mais de 100 agentes de órgãos federal, estadual e municipal apreenderam mais de 20 mil produtos irregulares entre roupas e calçados falsificados. A soma dos produtos falsos resulta em cerca de R$ 2 milhões em valores, diz o Conselho Estadual de Combate à Pirataria (Cecop). Também foi apreendida uma quantidade expressiva de eletrônicos, recolhidos pela Receita Federal, em autuações pelo crime de descaminho.

O presidente do Cecop, Jair Schmitt, afirma que a maioria das roupas e calçados apreendidos foram tirados de circulação em duas galerias que funcionam nas ruas Deodoro e Conselheiro Mafra, tradicionais pontos de comércio popular da Capital. Algumas das lojas tiveram o estoque reduzido drasticamente com a operação que mobilizou agentes e policiais pelo Centro Histórico da Capital nos últimos dois dias. Mesmo assim, Schmitt garante que esses lojistas tinham estoques de produtos legalizados e ninguém vai precisar fechar seu estabelecimento.

“Foi muita coisa apreendida, muito mais que a gente imaginava. A gente vislumbrava que no total seriam 10 mil produtos, mas hoje (quarta-feira) já estamos em mais de 20 mil unidades apreendidas, mais que o dobro do previsto”, explica Schmitt, para dizer que a Receita Federal embalou os eletrônicos, lacrou e dará prazo de uma semana para que os empresários apresentem notas fiscais dos produtos apreendidos.

A ação foi coordenada pelo Cecop e contou com a participação da Guarda Municipal, Superintendência de Serviços Públicos, Polícia Rodoviária Federal, Polícia Militar, Polícia Civil, Receita Federal, Ministério Público de Santa Catarina, Procon Estadual, Instituto Nacional de Metrologia (INMETRO), Secretaria Estadual da Fazenda e IMEPPI – Instituto Meirelles.

Fonte: NSC

 
PUBLICIDADE

HC Notícias
48 3191-0403
48 9 8806-3734
Rua Altamiro Guimarães, 50
88701-300 - Centro - Tubarão/SC
Hora Certa Notícias © 2019. Todos os direitos reservados.
Demand Tecnologia