terça, 23 de julho de 2024
Facebook Instagram Twitter Youtube TikTok E-mail
48 3191-0403
Segurança
05/04/2024 10h58

(Vídeo) Caso Miguel: mãe chora ao contar que levou filho morto até rio e diz que é 'um monstro'

Julgamento começou com depoimentos de testemunhas. Mãe e madrasta são acusadas de matar menino e jogar corpo da criança no Rio Tramandaí, em Imbé. Sentença deve ser conhecida nesta sexta-feira (5)

O julgamento do Caso Miguel começou com fortes depoimentos nesta última quinta-feira (4). Yasmin Vaz dos Santos Rodrigues, acusada junto à então companheira Bruna Nathiele Porto da Rosa pelo assassinato do filho Miguel dos Santos Rodrigues, de sete anos, em julho de 2021 em Imbé, no Litoral Norte do Rio Grande do Sul, trouxe à tona relatos perturbadores durante seu interrogatório.
PUBLICIDADE
A ré descreveu como se sentiu ao encontrar Miguel sem vida e como tomou a decisão desesperada de levar seu corpo até o Rio Tramandaí. Em meio às lágrimas, ela admitiu sentir-se culpada e monstruosa, confrontando seu papel como mãe e ser humano.


A ré descreveu como tomou a decisão desesperada de levar seu corpo até o Rio Tramandaí. Em meio às lágrimas, ela admitiu sentir-se culpada e "um monstro", confrontando seu papel como mãe. Assista acima:

PUBLICIDADE

Enquanto isso, Bruna Nathiele Porto da Rosa, durante seu interrogatório, reconheceu sua participação na tortura psicológica e na ocultação do cadáver de Miguel, mas negou ter sido responsável pela morte da criança.


HC Notícias
48 3191-0403
48 9 8806-3734
Rua Altamiro Guimarães, 50
88701-300 - Centro - Tubarão/SC
Hora Certa Notícias © 2019. Todos os direitos reservados. Política de Privacidade

Utilizamos cookies essenciais e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade e, ao continuar navegando, você concorda com estas condições.