segunda, 04 de março de 2024
Facebook Instagram Twitter Youtube E-mail
48 3191-0403
Segurança
10/08/2019 21h15

Imbituba e Imaruí: Justiça condena 17 traficantes detidos a mais de 170 anos de prisão

Prisões são resultantes da operação Fim da Linha. Dois foram absolvidos
Imbituba e Imaruí: Justiça condena 17 traficantes detidos a mais de 170 anos de prisão

A operação “Fim da Linha”, deflagrada em 19 de abril deste ano pela Polícia Civil, por intermédio das delegacias de Imaruí e de Imbituba, *com apoio de todas unidades policiais civis da 18° DRP - Laguna, DPCo - Garopaba; DPMu - Paulo Lopes; DIC, DPCAMI e DPCo - Laguna; DPMu - Pescaria Brava; DECOD - Florianópolis; SAER/Sul* e, ainda, com o auxílio da Polícia Militar (PM), teve como objetivo desmantelar uma Organização Criminosa especializada na prática do crime de tráfico de drogas, com atuação predominante nos municípios de Imaruí, Imbituba e Garopaba.  

Ao final do Inquérito Policial, 19 pessoas foram indiciadas e posteriormente denunciadas pelo Ministério Público de Santa Catarina por crimes como formação de organização criminosa, tráfico de drogas, associação para o tráfico, corrupção de menores, posse de arma de fogo e munições, entre outros. Além disso, um adolescente também foi processado em separado por ser um dos líderes da mesma organização criminosa.

E nesta sexta-feira (09), após regular instrução processual, sobreveio sentença por parte do Poder Judiciário da Comarca de Imbituba condenando 17 acusados a penas privativas de liberdade que, somadas, atingem aproximadamente 170 anos.

Vale salientar que apenas dois acusados foram absolvidos. Já o adolescente envolvido havia sido condenado à medida socioeducativa de internação pelo Juízo da Comarca de Imaruí.

Além da pena privativa de liberdade, destaca-se que constou na sentença prolatada pelo Juízo Criminal da Comarca de Imbituba a obrigação do pagamento de multas elevadas, além da perda de veículos, valores e objetos adquiridos e utilizados pela organização criminosa provenientes do narcotráfico.

De acordo com o delegado de Polícia Juliano Baesso, coordenador da Operação, a sentença condenatória serviu para demonstrar o brilhante trabalho de Polícia Judiciária desenvolvido conjuntamente pelas equipes de investigação das Delegacias de Polícia de Imbituba e Imaruí, as quais obtiveram êxito na coleta de provas suficientes para possibilitar a mencionada condenação.

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE

Fonte: Portal A Hora
HC Notícias
48 3191-0403
48 9 8806-3734
Rua Altamiro Guimarães, 50
88701-300 - Centro - Tubarão/SC
Hora Certa Notícias © 2019. Todos os direitos reservados. Política de Privacidade

Utilizamos cookies essenciais e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade e, ao continuar navegando, você concorda com estas condições.