segunda, 26 de fevereiro de 2024
Facebook Instagram Twitter Youtube E-mail
48 3191-0403
Segurança
24/06/2019 14h35

No país: acusado de estuprar netas é amarrado e tem os testículos cortados

A suspeita é de que os agressores queriam castrar o avô e fazer "justiça" com as próprias mãos.
No país: acusado de estuprar netas é amarrado e tem os testículos cortados
Um homem de 49 anos, acusado de estuprar as netas de cinco e seis anos em 2016, teve os testículos cortados na noite do último sábado (22) em um sítio em Itanhangá (490 km de Cuiabá).

Conforme o boletim de ocorrência, o homem relatou que estava em sua casa com sua esposa e filho quando, por volta das 18h30, dois homens encapuzados invadiram o local, o levaram para fora, amarraram suas mãos e pés e cortaram os testículos dele.
Os agressores ainda teriam levado o celular da esposa da vítima, que só procurou um Posto de Saúde na manhã do outro dia, temendo acabar preso pela acusação de estupro.

Na unidade hospitalar, a equipe médica acionou a Polícia Militar, por volta das 10h30, informando que um homem com ferimento de arma branca havia dado entrada no hospital.

Os ferimentos teriam sido causados, segundo o site local Ita Notícias, porque os agressores queriam “castrar” o suspeito. Eles teriam inclusive perguntado à esposa se ela estava ciente do que ele teria feito em 2016, com as próprias netas.

Segundo a denúncia, ele teria estuprado as netas de cinco e seis anos em um assentamento em Nova Maringá (370 km de Cuiabá) e foi denunciado pela própria esposa e pela filha dele, mãe das vítimas.

Os abusos aconteceriam quando o avô ficava sozinho com as crianças e também durante a noite, quando todos na casa dormiam. Porém, durante as investigações o homem fugiu e acabou não sendo preso.

Fonte: O livre
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE

HC Notícias
48 3191-0403
48 9 8806-3734
Rua Altamiro Guimarães, 50
88701-300 - Centro - Tubarão/SC
Hora Certa Notícias © 2019. Todos os direitos reservados. Política de Privacidade

Utilizamos cookies essenciais e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade e, ao continuar navegando, você concorda com estas condições.