terça, 27 de fevereiro de 2024
Facebook Instagram Twitter Youtube E-mail
48 3191-0403
Segurança
16/06/2019 17h20

Internacional: pai que jogou filha de telhado em protesto é solto

Para protestar contra a reintegração de posse do terreno, o homem subiu no telhado de sua casa com a filha, que tinha 1 ano na época, e ameaçou jogá-la.
Internacional: pai que jogou filha de telhado em protesto é solto
Na África do Sul, um homem que jogou a filha do telhado de sua casa durante um protesto no ano passado, não responderá por tentativa de assassinato. Durante uma audiência nesta quinta-feira (13), ele se declarou culpado de 'negligência infantil', recebeu uma multa e uma sentença de um ano de prisão.

Segundo o acordo fechado pelos advogados do réu com a promotoria, a pena de prisão ficará suspensa por um prazo mínimo de 5 anos. Ele terá apenas de pagar uma multa de 5 mil rands (cerca de R$ 1.294. A identidade do acusado não foi divulgada, como forma de preservar sua filha, a vítima).
O caso aconteceu em abril de 2018, na cidade de Kwadwesi, a cerca de 1000 km da capital, Joanesburgo. Homens da polícia e de órgãos municipais foram desocupar um loteamento irregular com cerca de 90 casas, onde o acusado vivia com sua família.
Para protestar contra a reintegração de posse do terreno, o homem subiu no telhado de sua casa com a filha, que tinha 1 ano na época, e ameaçou jogá-la. Várias pessoas que estavam entre os manifestantes gritaram para que ele atirasse a filha, enquanto a polícia tentou negociar com ele.

Após um longo impasse, o pai jogou a bebê. Por sorte, os policiais que estavam abaixo conseguiram pegá-la antes que ela batesse no chão. O homem foi dominado pelo policial que tentava negociar com ele e preso em seguida. As casas acabaram sendo demolidas.

Fonte: R7
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE

HC Notícias
48 3191-0403
48 9 8806-3734
Rua Altamiro Guimarães, 50
88701-300 - Centro - Tubarão/SC
Hora Certa Notícias © 2019. Todos os direitos reservados. Política de Privacidade

Utilizamos cookies essenciais e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade e, ao continuar navegando, você concorda com estas condições.