terça, 23 de abril de 2024
Facebook Instagram Twitter Youtube TikTok E-mail
48 3191-0403
Segurança
04/04/2019 09h37

Em Balneário Camboriú: Advogado que matou namorada conservava corpo com sacos de gelo

Ele se entregou depois de ficar mais de 24 horas na sacada do apartamento ameaçando se jogar. Testemunhas contaram que Lucimara foi vista pela última vez na quinta-feira (27/3), quando escutaram uma discussão
Em Balneário Camboriú: Advogado que matou namorada conservava corpo com sacos de gelo
O advogado Paulo de Carvalho Souza, 42 anos, se entregou à polícia na noite dessa quarta-feira (3/4), após ficar mais de 24 horas ameaçando se jogar do prédio em que morava em Balneário Camboriú, litoral de Santa Catarina. Ele é suspeito de ter matado a namorada e mantido o corpo dela escondido dentro do apartamento. Teria comprado, segundo testemunhas, sacos de gelo para conservar o cadáver e evitar que o cheiro chamasse a atenção dos vizinhos. A namorada dele também era advogada e tinha 30 anos. A família de Lucimara Stasiak informou que os dois estavam juntos há um ano e ela nunca falou sobre atos de violência por parte dele. Os policiais foram chamados por pessoas que moram no prédio onde o casal morava. Os vizinhos contaram aos militares que estranharam o fato de o homem carregar para o apartamento vários sacos de gelo. Testemunhas contaram que Lucimara foi vista pela última vez na quinta-feira (27/3), quando escutaram uma discussão entre os dois no apartamento. Depois que o crime foi descoberto, Souza se trancou na sacada do imóvel e a polícia passou a negociar a rendição. Uma equipe especializada conversava com o advogado, que aparentava estar em um surto psicótico. Além da atitude estranha, a vizinhança decidiu chamar a Polícia Militar por causa de um cheiro forte que saía do aparamento do casal. O caso é tratado como feminicídio. A Ordem dos Advogados do Brasil de Santa Catarina publicou uma nota de pesar sobre o caso e decretou luto oficial pelo período de três dias. “Ficamos consternados com o ocorrido e não aceitamos qualquer tipo de violência. Estamos falando da vida de uma pessoa, o bem mais precioso que temos, suprimida em circunstâncias dramáticas”, declarou o presidente da OAB/SC, Rafael Horn, por meio de nota. Fonte: Metrópoles Foto: Paulo de Carvalho ao lado de Lucimara Stasiak
https://www.facebook.com/hcnoticiastubarao/posts/635172050256239?__xts__[0]=68.ARBQaJeBPDL-AXwOXBIfN2vB1TxK6U9zU0rLi7Cot1hp_j-bgrOwYiR0anNXFCuQnlWu0OQAdOxTBJiPnsQujajXyHVUg39qoSWRVa2-fDx4RZDLYwj8L5Vo7_X3lhKDt-7c1G8VkFp_ATZnVAleRi0Rfx43pEE_bP_oi0vlhhNIB_DZiZ1ARcPvskXz8ja5mZHmT1miDGkbJBgvaUfYo-IMEaNp7Y7UEIfKZujqcnKMLTLJB8_rW_6-Yl_j6aAdecnbP4vOKHpjWO55SKkaGriIUAL60jq_cc60248Smz7834UiYKH99TOLTM5KX506jtUfEDJPiYgb-AaEL-qqf7Y&__tn__=-R
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE

HC Notícias
48 3191-0403
48 9 8806-3734
Rua Altamiro Guimarães, 50
88701-300 - Centro - Tubarão/SC
Hora Certa Notícias © 2019. Todos os direitos reservados. Política de Privacidade

Utilizamos cookies essenciais e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade e, ao continuar navegando, você concorda com estas condições.