quarta, 17 de julho de 2024
Facebook Instagram Twitter Youtube TikTok E-mail
48 3191-0403
Segurança
04/03/2019 19h00

Químico catarinense admite ter se inspirado em Breaking Bad para fabricar drogas sintéticas

O "Walter White brasileiro" foi preso em Santa Catarina com apreensão recorde de MDA. Material apreendido se parece com o da série Breaking Bad.
Químico catarinense admite ter se inspirado em Breaking Bad para fabricar drogas sintéticas
Um engenheiro químico se inspirou na famosa série "Breaking Bad" para fabricar drogas sintéticas e acabou sendo preso junto com outros suspeitos na Operação Psy Trance, força-tarefa das Polícias Federal e Civil de Santa Catarina. Em reportagem do Fantástico, exibida pela Rede Globo neste domingo, o delegado da Polícia Civil, Vicente Soares, disse que o engenheiro químico preso durante a operação admitiu ter se inspirado na ficção. "Deu para perceber que se inspiraram (na série). Principalmente o engenheiro químico, que falou que depois de ver a série, ficou com vontade de seguir aquele caminho", afirmou o delegado. Nos celulares dos presos, a polícia encontrou fotos do personagem Walter White, o professor de química que enveredou pelo mundo do crime. Inclusive imagens dos membros do grupo com bonecos de cera do protagonista da série. Segundo o delegado, referiam-se ao personagem de ficção como "mestre". O engenheiro químico Rafael Fuller, de 27 anos formou-se no ano passado em Itajaí, e segundo a polícia morava em Balneário Camboriú. Nas redes sociais, não há qualquer indicativo sobre a “vida dupla” que vinha levando. A polícia já tinha conhecimento do laboratório há pelo menos quatro meses. O caso Em um galpão completamente isolado no interior de Rio dos Cedros, funcionava um laboratório químico para produzir MDA (metilenodioximetanfetamina), popularmente conhecida como ecstasy. O caso foi descoberto nesta semana. Seis pessoas foram presas em flagrante. A apreensão é uma das maiores já feitas no país. Eram 35 quilos de MDA em pó e produtos químicos suficientes para chegar a 600 mil comprimidos, que, segundo a polícia, renderia R$ 18 milhões à quadrilha, depois de processados. Na casa, onde funcionava o laboratório, também foram encontrados vários souvenires sobre a série "Breaking Bad" como posters e até um boneco do protagonista Walter White, um então pacato professor de química que ao descobrir um câncer terminal, decide arriscar tudo para ganhar dinheiro enquanto pode, transformando sua van em um laboratório de metanfetamina. O seriado lançado em 2008 é um dos mais premiados de todos os tempos. O engenheiro químico e os outros envolvidos no esquema, estão presos em Blumenau e vão responder por tráfico de drogas e associação ao tráfico. A pena máxima nesses casos é de até 20 anos de prisão. Com informações de Curta Mais
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE

HC Notícias
48 3191-0403
48 9 8806-3734
Rua Altamiro Guimarães, 50
88701-300 - Centro - Tubarão/SC
Hora Certa Notícias © 2019. Todos os direitos reservados. Política de Privacidade

Utilizamos cookies essenciais e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade e, ao continuar navegando, você concorda com estas condições.