domingo, 23 de junho de 2024
Facebook Instagram Twitter Youtube TikTok E-mail
48 3191-0403
Segurança
21/02/2019 09h18

Homem armado faz refém em igreja em Braço do Norte

Houve muito tumulto, as pessoas ficaram assustadas. Ao perceber a presença da polícia, ele tentou agredir os agentes e precisou ser contido com armamento não letal. Mas o homem ainda conseguiu agarrar um dos fiéis e o colocou em sua frente, fazendo-o de escudo. 
Homem armado faz refém em igreja em Braço do Norte
Um homem armado fez um fiel refém dentro de uma igreja no bairro Coloninha, em Braço do Norte. Na ação, o acusado portava uma espingarda calibre 12, um cassetete e um pedaço de madeira, usado para ameaçar os presentes. O caso ocorreu na noite de terça-feira (19), quando ocorria uma celebração no templo religioso. Segundo a Polícia Militar (PM), a guarnição foi acionada e, quando chegou ao local, percebeu uma grande aglomeração de pessoas em frente à igreja. Já o acusado estava no altar, de onde esbravejava palavras de baixo calão. Com um pedaço de madeira em mãos, ao perceber a presença da polícia, ele ergueu o objeto e tentou agredir os agentes. Os policiais, então, conseguiram retirar a madeira de suas mãos. Alterado, ele tentou mais uma vez agredir os agentes e precisou ser contido com armamento não letal. Não satisfeito e numa última investida, o agressor conseguiu agarrar um dos fiéis e colocou a vítima em sua frente, fazendo-a de escudo. Para imobilizar o refém, o acusado agarrou o homem pelo pescoço e passou a ameaçá-lo de morte com um pedaço de ferro pontiagudo. “Ele gritava a todo momento que as guarnições se afastassem”, diz a polícia. Foi quando, num instante de distração, a polícia removeu o objeto cortante das mãos do agressor e a vítima conseguiu se soltar. Com o auxílio de populares, os policiais imobilizaram o homem, que ainda resistiu à prisão. Após algemado, ele foi conduzido para a delegacia de polícia, junto com os artefatos utilizados. Vítimas do acusado também foram à delegacia. Conforme a delegada de plantão, Inara Drapalski, o homem não quis se pronunciar sobre o ocorrido. “A família relatou que ele já havia apresentado outros casos de surto”, informou a delegada, que optou pela prisão do agressor. Fonte: Diário do Sul Tubarão Fotos: reprodução Whatsapp
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE

HC Notícias
48 3191-0403
48 9 8806-3734
Rua Altamiro Guimarães, 50
88701-300 - Centro - Tubarão/SC
Hora Certa Notícias © 2019. Todos os direitos reservados. Política de Privacidade

Utilizamos cookies essenciais e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade e, ao continuar navegando, você concorda com estas condições.