quarta, 28 de outubro de 2020
Facebook Instagram Twitter Youtube E-mail
48 3191-0403
Tubarão
27 ºC 16 ºC
Segurança
27/11/2018 21h51

Em Urussanga: Médico é condenado a pagar R$ 60 mil em danos morais e estéticos após aplicação de botox

Além de ter comprovado as deformidades no rosto, o perito levantou dúvidas sobre a efetiva aplicação de botox na paciente.
Em Urussanga: Médico é condenado a pagar R$ 60 mil em danos morais e estéticos após aplicação de botox
Médico é condenado a pagar R$ 60 mil em danos morais e estéticos após aplicação de botox 

A 1ª Câmara Civil do TJ confirmou sentença da comarca de Urussanga que condenou um médico a pagar R$ 60 mil por danos morais e estéticos a uma mulher que foi submetida a aplicação de toxina butolínica (botox) e não obteve o resultado esperado.

Para o desembargador Jorge Luis Costa Beber, relator da matéria, a contratação de um médico, por via de regra, não é garantia de cura. Por outro lado, acrescenta, quando é realizado um procedimento estético, o resultado satisfatório é uma obrigação do profissional.

Além das diversas testemunhas terem sido uníssonas em comprovar as deformidades no rosto da autora, o perito contratado levantou dúvidas sobre a efetiva aplicação de botox na paciente.

Para ele, o material utilizado deve ter sido outro, provavelmente de qualidade inferior. Segundo o especialista, se a toxina butolínica tivesse sido aplicada na face da autora e originado a deformidade, em seis meses a substância seria eliminada do seu organismo.

Cerca de dois anos após intervenção, as graves imperfeições remanesciam no rosto da mulher. A decisão foi unânime, com pequena discordância em relação à data inicial da incidência de juros.

Fonte: TJSC​
FOTO ILUSTRATIVA

 
PUBLICIDADE

HC Notícias
48 3191-0403
48 9 8806-3734
Rua Altamiro Guimarães, 50
88701-300 - Centro - Tubarão/SC
Hora Certa Notícias © 2019. Todos os direitos reservados.
Demand Tecnologia