quarta, 19 de junho de 2024
Facebook Instagram Twitter Youtube TikTok E-mail
48 3191-0403
Geral
05/06/2024 18h20

Jorginho Mello pede desculpas após chamar desembargador de “boca torta”

João Marcos Buch havia movido uma ação por danos morais contra o governador.
Jorginho Mello pede desculpas após chamar desembargador de “boca torta”

O desembargador substituto do Tribunal de Justiça de Santa Catarina (TJSC), João Marcos Buch, desistiu oficialmente da ação por danos morais que movia contra o governador Jorginho Mello (PL).

PUBLICIDADE

A desistência ocorreu após uma visita inesperada do governador ao gabinete de Buch, acompanhado do desembargador João Henrique Blasi, ex-presidente do TJSC, na última quarta-feira (29). Na ocasião, Jorginho teria pedido desculpas a João Marcos Buch. 

 

O motivo da ação movida pelo desembargador, com pedido de indenização, foi uma fala do governador sobre o impasse que envolvia a nomeação do filho de Jorginho, o advogado Filipe Mello, para assumir a Casa Civil. Buch acatou um pedido de liminar do PSOL que impedia a nomeação de Filipe. Questionado por jornalistas sobre o caso, durante um evento da Federação das Indústrias de SC (Fiesc), Jorginho disse:
 

PUBLICIDADE

“Para que criar polêmica? O governo está voando. Para que dar margem para alguma oposição boca torta, que talvez encoste um filho para ganhar uma boquinha. A gente não precisa disso, graças a Deus”.

 

A fala do governador foi vista como um ataque pessoal pelo desembargador, que possui uma cicatriz no rosto decorrente de um acidente com arma de fogo na infância. O caso teve repercussão nacional.

 

No pedido de desistência da ação, o desembargador relatou ter aceitado o pedido de desculpas do governador:

 

“O fato é que o governador veio pessoalmente até o gabinete deste magistrado no Tribunal de Justiça, explicou o contexto e desculpou-se por sua fala em entrevista concedida no dia 10.01.2024. Assim, ponderei com meu advogado sobre tudo, em especial sobre a harmonia que deve existir entre pessoas públicas, com o fortalecimento da comunicação não discriminatória, e assim aceitei as desculpas, dando por encerrada a ação. Entendo que isso é oferecer a outra face, que não significa apanhar duas vezes, mas contrapor a face da não violência à da violência, a da civilidade ao discurso do ódio, é construir a concórdia, com o respeito integral à dignidade da pessoa humana”.
 


HC Notícias
48 3191-0403
48 9 8806-3734
Rua Altamiro Guimarães, 50
88701-300 - Centro - Tubarão/SC
Hora Certa Notícias © 2019. Todos os direitos reservados. Política de Privacidade

Utilizamos cookies essenciais e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade e, ao continuar navegando, você concorda com estas condições.