domingo, 16 de junho de 2024
Facebook Instagram Twitter Youtube TikTok E-mail
48 3191-0403
Geral
02/06/2024 19h09

Brasil: Justiça autoriza aborto parcial de gravidez de quíntuplos por risco à mãe e fetos

A Justiça de São Paulo autorizou uma grávida de quíntuplos a fazer um aborto parcial para tentar salvar dois dos cinco embriões fertilizados in vitro
Brasil: Justiça autoriza aborto parcial de gravidez de quíntuplos por risco à mãe e fetos

A Justiça de São Paulo autorizou uma grávida de quíntuplos a fazer um aborto parcial para tentar salvar dois dos cinco embriões fertilizados in vitro (FIV). A decisão considerou o risco de morte para a mãe e para os fetos. 

No Brasil, a interrupção da gravidez só é permitida em caso de estupro, quando há risco ou diagnóstico de anencefalia do bebê.

 

Conforme o portal, o relator, desembargador Luís Geraldo Lanfredi, justificou que "a ciência não aponta perspectiva de sucesso completo de uma gestação de quíntuplos" e que o aborto parcial é uma "espécie de 'luz no fim do túnel' para o casal". 

 

O desembargador disse se tratar de um caso inédito. A decisão é provisória e foi proferida pela 13ª Câmara de Direito Criminal do Tribunal de Justiça de São Paulo (TJ-SP), na última terça-feira (28).  

PUBLICIDADE

ENTENDA O QUE HOUVE 


A mulher fez o processo de fertilização in vitro, em abril deste ano. No entanto, os 2 embriões implantados se dividiram e formaram cinco, considerada uma gravidez de alto risco.  

 

PUBLICIDADE

Um profissional da saúde alertou a mãe sobre a possibilidade de mortes e que os bebês “muito provavelmente nascerão muito prematuros", conforme afirmou o desembargador ao g1. 

 

Por isso, a família resolveu ir à Justiça para tentar salvar dois embriões.  


Fonte: G1
HC Notícias
48 3191-0403
48 9 8806-3734
Rua Altamiro Guimarães, 50
88701-300 - Centro - Tubarão/SC
Hora Certa Notícias © 2019. Todos os direitos reservados. Política de Privacidade

Utilizamos cookies essenciais e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade e, ao continuar navegando, você concorda com estas condições.