quinta, 20 de junho de 2024
Facebook Instagram Twitter Youtube TikTok E-mail
48 3191-0403
Geral
21/05/2024 23h49

PGR denuncia empresários de SC por bloqueio de rodovias após eleição em 2022

O estado foi o epicentro do movimento que paralisou estradas em diversos lugares no país, e chegou a ter 89 pontos simultâneos de bloqueio total.
PGR denuncia empresários de SC por bloqueio de rodovias após eleição em 2022

Dois empresários estão entre as nove pessoas denunciadas pela Procuradoria Geral da República nesta segunda-feira (20) pelo bloqueio de rodovias em Santa Catarina após a vitória de Lula (PT) no segundo turno das eleições presidenciais de 2022. O estado foi o epicentro do movimento que paralisou estradas em diversos lugares no país, e chegou a ter 89 pontos simultâneos de bloqueio total, impedindo o fluxo de pessoas e de cargas, causando graves prejuízos.

PUBLICIDADE

Entre os denunciados estão os empresários Horst Bremer Junior e Lilian Bremer Vogelbacher, que dirigem uma indústria em Rio do Sul e são bastante ativos na sociedade local no Alto Vale do Itajaí. Segundo a PGR, eles teriam convocado funcionários para a interdição da BR-470.

PUBLICIDADE

Outras sete pessoas, todas ligadas ao Grupo Bremer, também foram denunciadas. O grupo atua no setor de fabricação de caldeiras e aquecedores de óleo térmico. 

 

O Procurador-geral da República, Paulo Gonet, afirmou que os empresários “atuaram ativamente na convocação e no apoio financeiro e logístico aos bloqueios, sobressaindo-se como lideranças do movimento em Rio do Sul (SC)”.

 

O grupo é acusado pelo Ministério Público por associação criminosa e tentativa de abolição violenta do Estado Democrático de Direito, crimes previstos no Código Penal. Somadas, as penas podem chegar a 18 anos de prisão.


 


HC Notícias
48 3191-0403
48 9 8806-3734
Rua Altamiro Guimarães, 50
88701-300 - Centro - Tubarão/SC
Hora Certa Notícias © 2019. Todos os direitos reservados. Política de Privacidade

Utilizamos cookies essenciais e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade e, ao continuar navegando, você concorda com estas condições.