quinta, 23 de maio de 2024
Facebook Instagram Twitter Youtube TikTok E-mail
48 3191-0403
Geral
25/04/2024 15h19

Brasil: mulher suspeita de invadir casa e matar 2 idosos sorriu e apontou arma para câmera antes de fugir

Polícia de Mato Grosso suspeita que a motivação do crime seja um desacordo comercial envolvendo pagamentos de aluguel da casa invadida
Brasil: mulher suspeita de invadir casa e matar 2 idosos sorriu e apontou arma para câmera antes de fugir

A pecuarista Ines Gemilaki, de 48 anos, foi filmada sorrindo e apontando uma arma de fogo para uma câmera de segurança no último domingo (21). O filho dela, o médico Bruno Gemilaki Dal Poz, de 28 anos, também aparece apontando uma espingarda calibre 12 para a câmera e, aparentemente fazendo um disparo.

 

A imagem foi gravada logo após os dois deixarem a casa que invadiram em Peixoto de Azevedo, a 692 km de Cuiabá. O ataque resultou na morte de dois idosos e deixou um padre ferido. Nas imagens, antes de os dois olharem para a câmera, é possível ver Ines saindo de dentro da casa, enquanto Bruno a aguardava próximo ao portão.

 

Na terça-feira (23), Marcio Ferreira Gonçalves, marido de Inês, e o irmão dele, Eder Gonçalves Rodrigues, que participaram do crime, foram presos em Alta Floresta, a 800 km de Cuiabá. Ines e Bruno se entregaram à polícia no mesmo dia e foram presos preventivamente.

 

A defesa dos investigados ainda não se manifestou sobre o caso. Segundo a polícia, eles devem responder pelos crimes de duplo homicídio e associação criminosa.

PUBLICIDADE

Imagens de duas câmeras de segurança mostram que ao menos oito pessoas estavam na casa quando a mulher entrou atirando. O filho foi ao quintal e também efetuou disparos. Ines, que aparece de blusa azul, estava com uma pistola, e Bruno, de branco, estava com uma espingarda calibre 12.


Em outro trecho do vídeo, mãe e filho apareceram fugindo, carregando as armas de fogo. A polícia, que ainda investiga o caso, suspeita que a motivação do crime seja um desacordo comercial envolvendo pagamentos de aluguel da casa invadida. Segundo a polícia, o principal alvo do ataque era o dono da casa, que não foi atingido pelos tiros.

 

 

PUBLICIDADE

Momentos depois do crime, mãe e filho foram flagrados comprando cerveja, água e refrigerantes, na conveniência de um posto de combustível, na cidade Matupá, a cerca de 13 km do local do homicídio, durante a fuga. Uma câmera de segurança da conveniência registrou o momento em que a suspeita apressou a atendente, enquanto falava ao telefone.


Fonte: G1
HC Notícias
48 3191-0403
48 9 8806-3734
Rua Altamiro Guimarães, 50
88701-300 - Centro - Tubarão/SC
Hora Certa Notícias © 2019. Todos os direitos reservados. Política de Privacidade

Utilizamos cookies essenciais e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade e, ao continuar navegando, você concorda com estas condições.