quarta, 22 de maio de 2024
Facebook Instagram Twitter Youtube TikTok E-mail
48 3191-0403
Geral
17/04/2024 21h36

No Brasil: motorista que levou idoso a banco no RJ alega que ele estava ‘ativo’

Érika foi presa após usar o corpo do tio morto para tentar pegar um empréstimo de R$ 17 mil.
No Brasil: motorista que levou idoso a banco no RJ alega que ele estava ‘ativo’

O motorista de aplicativo que transportou Érika Nunes e o tio dela, o idoso Paulo Roberto Braga, a uma agência bancária em Bangu, no Rio de Janeiro, afirmou em seu depoimento nesta quarta-feira (17) que o idoso estava ativo durante a viagem.

PUBLICIDADE

Érika foi presa após usar o corpo do tio morto para tentar pegar um empréstimo de R$ 17 mil.

 

Em seu depoimento, o motorista afirmou aos investigadores que costuma trabalhar perto da residência de Paulo e Érika, mas que pouco sabe sobre a vida íntima da família. Ele disse que sabia que o idoso havia sido internado e que, na quarta-feira (16), foi abordado por Érika para levá-los ao banco. A mulher pediu ajuda para tirar o tio de sua cama e leva-lo ao carro do motorista.

PUBLICIDADE

Ainda de acordo com o depoimento do motorista, Paulo viajou sentado no banco da frente do carro e esteve ‘ativo’ durante o trajeto. Ele disse ter percebido que o idoso estava respirando e afirmou que ‘tio Paulo’, como ficou conhecido nacionalmente, tinha forças nas mãos, tendo inclusive segurado a porta do carro. Porém, o vídeo gravado pela câmera de segurança do estacionamento mostra o idoso sendo retirado do carro imóvel e com a cabeça pendendo para um dos lados.

 

Outros familiares de Paulo devem ser ouvidos nos próximos dias. A Polícia Civil também apura qual o grau exato de parentesco de Érika, que se apresentou como sobrinha e cuidadora do idoso.


HC Notícias
48 3191-0403
48 9 8806-3734
Rua Altamiro Guimarães, 50
88701-300 - Centro - Tubarão/SC
Hora Certa Notícias © 2019. Todos os direitos reservados. Política de Privacidade

Utilizamos cookies essenciais e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade e, ao continuar navegando, você concorda com estas condições.