terça, 23 de julho de 2024
Facebook Instagram Twitter Youtube TikTok E-mail
48 3191-0403
Geral
17/04/2024 14h16

No país: idoso levado a banco estava morto há duas horas, atesta Samu; mulher passeou com cadáver em shopping

Funcionária da agência bancária percebeu que idoso estava pálido e sem sinais vitais
No país: idoso levado a banco estava morto há duas horas, atesta Samu; mulher passeou com cadáver em shopping

Um dos funcionários do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) mobilizados para a agência bancária em Bangu, na Zona Oeste do Rio, para onde um idoso foi levado, nesta terça-feira, numa cadeira de rodas, afirmou à polícia que ele estava morto havia pelo menos duas horas. 

Segundo o depoimento, isso foi constatado porque o corpo de Paulo Roberto Braga, de 68 anos, já apresentava livores — manchas escuras que correspondem às zonas de falta ou de acumulação de sangue —, que costumam aparecer após esse tempo.

 

De acordo com o depoimento, o Samu foi acionado por volta das 15h para ir até a agência bancária. Às 15h20, uma equipe do 14º BPM (Bangu) também foi chamada ao local para verificar uma denúncia de morte no banco. Ao chegar ao local, os PMs fizeram contato com o médico do Samu, que informou que o cadáver era de Paulo Roberto Braga. 

PUBLICIDADE

O médico disse aos policiais que não poderia fazer a declaração da morte porque havia sinais de intoxicação exógena — exposição a substâncias químicas — e, por isso, seria necessário levar o corpo para o Instituto Médico-Legal (IML).

 

Também em depoimento, uma das funcionárias da agência bancária contou que, num primeiro momento, achou o idoso muito debilitado. Ao se aproximar do local onde ocorria o atendimento, orientou que a assinatura de Paulo Roberto deveria ser igual à da carteira de identidade.

PUBLICIDADE

No momento em que o idoso deveria assinar, porém, a funcionária afirma que ele não respondia e estava com aspecto pálido e sem apresentar sinais vitais.

 

Imagens de câmeras de segurança de um estacionamento divulgadas pelo Balanço Geral, da TV Record, mostraram que a mulher chegou a um estacionamento em um carro cinza, às 13h03 de terça-feira (16). Um homem segura a cadeira de rodas enquanto ela tenta encontrar um jeito de retirar o idoso de dentro do carro.

 

Ela puxa o corpo do idoso para frente e o segura por trás. A cabeça dele mexe um pouco e, em seguida, ela o coloca na cadeira, com ajuda do homem. As pernas do idoso ficam esticadas, e a mulher ajeita em cima do apoio para os pés. A ação durou 27 segundos.


HC Notícias
48 3191-0403
48 9 8806-3734
Rua Altamiro Guimarães, 50
88701-300 - Centro - Tubarão/SC
Hora Certa Notícias © 2019. Todos os direitos reservados. Política de Privacidade

Utilizamos cookies essenciais e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade e, ao continuar navegando, você concorda com estas condições.