segunda, 27 de maio de 2024
Facebook Instagram Twitter Youtube TikTok E-mail
48 3191-0403
Geral
25/03/2024 09h05

Em SC: açougueiro que matou pit bull a facadas é indiciado por maus-tratos

Crime ocorreu em julho de 2023, mas inquérito foi encerrado oito meses depois; morte de pit bull ganhou nova repercussão após outro caso semelhante na última segunda-feira (18)
Em SC: açougueiro que matou pit bull a facadas é indiciado por maus-tratos
A Polícia Civil de Santa Catarina formalizou o indiciamento do açougueiro responsável pela morte de um pit bull a facadas em Florianópolis, enquadrando-o por prática de maus-tratos contra animais. O crime, que ocorreu em julho de 2023, teve o inquérito encerrado oito meses depois, após a emergência de um caso semelhante que ganhou destaque recentemente.


Após a identificação do suspeito, que teve a prisão preventiva decretada em julho de 2023, houve manifestação favorável do Ministério Público de Santa Catarina, embora o Tribunal de Justiça de Santa Catarina tenha decidido que não havia fundamentos para mantê-lo sob custódia.

PUBLICIDADE

Apesar dos esforços para localizar o acusado, que incluíram recursos judiciais do Ministério Público, ele permaneceu fora do alcance das autoridades. Consequentemente, a Polícia Civil encerrou o inquérito e formalizou o indiciamento do açougueiro por maus-tratos contra animais, delito passível de pena de 2 a 5 anos de prisão, além de multa. O caso agora segue para tramitação no Poder Judiciário.


O incidente que resultou na morte do pit bull, chamado Torresmo, ocorreu em 4 de julho de 2023, no bairro Tapera, no Sul da Ilha de Santa Catarina. O cão estava restrito atrás de um portão quando foi atacado pelo açougueiro, sem oferecer qualquer ameaça, segundo constatou a investigação da PCSC. Torresmo não sobreviveu aos ferimentos e faleceu no local.

PUBLICIDADE
A tragédia de Torresmo ganhou ainda mais atenção após outro caso semelhante na região, onde um cão foi morto a facadas por um vizinho no bairro Santa Mônica. De acordo com a Polícia Civil, o motivo do crime teria sido o incômodo causado pelos latidos dos animais.


Foto: PCSC/Divulgação/HC.


HC Notícias
48 3191-0403
48 9 8806-3734
Rua Altamiro Guimarães, 50
88701-300 - Centro - Tubarão/SC
Hora Certa Notícias © 2019. Todos os direitos reservados. Política de Privacidade

Utilizamos cookies essenciais e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade e, ao continuar navegando, você concorda com estas condições.