segunda, 20 de maio de 2024
Facebook Instagram Twitter Youtube TikTok E-mail
48 3191-0403
Geral
18/03/2024 14h07

Onda de calor: Brasil registra novo recorde de demanda de energia elétrica, diz ONS

Rede nacional de energia bateu recordes no máximo exigido em um mesmo momento e na carga média diária — consumo mais as perdas elétricas — na última sexta-feira (15). País enfrenta 3ª onda de calor de 2024, que deve se estender até esta quarta (20)
Onda de calor: Brasil registra novo recorde de demanda de energia elétrica, diz ONS
Na última sexta-feira (15), o Brasil testemunhou um novo pico histórico no consumo de energia elétrica, conforme anunciado pelo Operador Nacional do Sistema Elétrico (ONS).


Em um comunicado divulgado neste domingo, o ONS explicou que esse aumento sem precedentes na demanda de eletricidade foi impulsionado pelas altas temperaturas que assolaram todo o país, em meio a mais uma onda de calor.

PUBLICIDADE
Durante esse dia recorde, dois marcos foram alcançados:


Esta é a terceira onda de calor que o país enfrenta este ano, afetando as regiões Sul, Sudeste e Centro-Oeste.


As ondas de calor são caracterizadas por temperaturas muito acima da média persistindo por vários dias consecutivos em uma determinada região.


De acordo com previsões meteorológicas, espera-se que esse fenômeno persista até quarta-feira (20), quando o outono terá início.


O calor intenso levou o Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet) a emitir um alerta de "grande perigo" para cinco estados: Mato Grosso do Sul, Paraná, Santa Catarina, São Paulo e Rio Grande do Sul, válido até sábado (16).

PUBLICIDADE
O alerta vermelho indica a ocorrência de um fenômeno meteorológico de intensidade excepcional. Segundo o instituto, esses estados deverão experimentar temperaturas máximas 5°C acima da média.


No último fim de semana do verão, as temperaturas máximas continuaram acima da média em muitas capitais do Brasil.


Em São Paulo, por exemplo, os termômetros atingiram 34°C no sábado (16), de acordo com a Climatempo. A previsão para domingo (17) é de uma máxima de 35°C, o que poderia estabelecer um novo recorde de temperatura para março na capital paulista.


No Rio de Janeiro, a temperatura máxima atingiu 38°C, com uma sensação térmica ultrapassando os 60°C em alguns bairros, conforme registrado pelo Sistema Alerta Rio da Prefeitura. Esse é o maior valor desde o início dos registros do sistema em 2014. As praias da cidade ficaram lotadas, com muitas pessoas buscando alívio do calor intenso.


No Centro-Oeste, o calor persistiu no sábado. Campo Grande (MS) registrou uma máxima de 36ºC e Cuiabá (MT), 37ºC, de acordo com a Climatempo.


HC Notícias
48 3191-0403
48 9 8806-3734
Rua Altamiro Guimarães, 50
88701-300 - Centro - Tubarão/SC
Hora Certa Notícias © 2019. Todos os direitos reservados. Política de Privacidade

Utilizamos cookies essenciais e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade e, ao continuar navegando, você concorda com estas condições.