quarta, 17 de julho de 2024
Facebook Instagram Twitter Youtube TikTok E-mail
48 3191-0403
Geral
11/03/2024 20h25

Consumo de carne de tartaruga marinha resulta na morte de 9 pessoas

O caso aconteceu na Tanzânia e acendeu um alerta para descobrir a origem do problema
Consumo de carne de tartaruga marinha resulta na morte de 9 pessoas
Na Ilha de Pemba, localizada no arquipélago de Zanzibar, Tanzânia, nove pessoas, incluindo oito crianças, perderam a vida após consumirem carne de tartaruga marinha. O incidente, divulgado pelas autoridades no sábado (9), também deixou outras 78 pessoas hospitalizadas, destacando os perigos associados a essa prática alimentar local.

A carne de tartaruga marinha é considerada uma iguaria na cultura local, apesar de sua recorrente associação com o chelonitoxismo, uma forma de intoxicação alimentar. O Dr. Haji Bakari, médico do distrito de Mkoani, relatou que a mãe de uma das crianças anteriormente falecidas foi a última vítima, perdendo a vida na sexta-feira (08) à noite.


PUBLICIDADE
Testes laboratoriais confirmaram que todas as vítimas haviam ingerido carne de tartaruga marinha, levando as autoridades locais em Zanzibar, uma região semi-autônoma da Tanzânia, a agirem rapidamente. Uma equipe de gerenciamento de desastres, liderada por Hamza Hassan Juma, foi mobilizada para lidar com a situação.
PUBLICIDADE
Juma fez um apelo à população para que evitasse o consumo de tartarugas marinhas, destacando os riscos associados a essa prática alimentar. Esse trágico incidente não é um caso isolado na região, uma vez que em novembro de 2021, sete pessoas, incluindo uma criança de 3 anos, perderam a vida devido ao consumo semelhante de carne de tartaruga em Pemba, enquanto outras três foram hospitalizadas na época.

HC Notícias
48 3191-0403
48 9 8806-3734
Rua Altamiro Guimarães, 50
88701-300 - Centro - Tubarão/SC
Hora Certa Notícias © 2019. Todos os direitos reservados. Política de Privacidade

Utilizamos cookies essenciais e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade e, ao continuar navegando, você concorda com estas condições.