terça, 21 de maio de 2024
Facebook Instagram Twitter Youtube TikTok E-mail
48 3191-0403
Geral
08/03/2024 19h55

Dia da Mulher: alerta para a prevenção do câncer de colo de útero

Dra. Graziela do Provida orienta a realização de vacinas e exames periodicamente para evitar diagnósticos tardios e sérias complicações na saúde
Dia da Mulher: alerta para a prevenção do câncer de colo de útero

 No calendário, março é um mês dedicado a mulher, não somente pelo dia 8 especificamente, mas pela complexidade de assuntos, que devem ser destaque em todo o período. Um dos temas que mais tem chamado a atenção das autoridades de saúde e dos profissionais do Setor Saúde da Mulher do Complexo Médico Provida é o aumento de ocorrência de câncer de colo de útero e lesões precursoras do câncer, em nossa região. Números preocupantes que precisam servir de alerta para prevenção e maiores cuidados com a saúde e qualidade de vida.


“Quando falamos para as pacientes que elas precisam realizar consultas e exames periódicos e que eventuais desconfortos ou alterações no corpo precisam de atenção médica imediata, não estamos repetindo frases clichês. Estamos alertando que sempre em qualquer situação de saúde, prevenir e buscar avaliação médica, diminuem muito as chances de problemas graves se tornem irreparáveis. O diagnóstico precoce, realmente salva vidas”, alerta a ginecologista e obstetra, Dra. Graziela Porto.


A médica ressalta também que o câncer de colo de útero muitas vezes surge na mulher sem causar de imediato qualquer sintoma aparente. Somente com o passar do tempo, se manifesta, dependendo da localização e a extensão em que está a doença. Sinais que podem ser confundidos com outras patologias menos graves. 

PUBLICIDADE

“Corrimento vaginal amarelado e com odor desagradável, até mesmo com indícios de sangue, dores na região do baixo ventre e sangramento após relação sexual, são alguns sintomas do câncer de colo do útero. Sintomas que podem ser provocados por outras condições de saúde, por essa incerteza de manifestações, é necessário procurar um ginecologista imediatamente. Além disso, o recomendado após o início da atividade sexual, é realizar exames preventivos anualmente. Para os jovens, meninas e meninos de 9 a 14 anos, a vacina contra o HPV, disponibilizada na rede pública e homens e mulheres até os 45 anos na rede particular, também é uma importante medida para combater esse tipo de câncer”, indica.


No Brasil, excluídos os tumores de pele não melanoma, o câncer do colo do útero é o terceiro tipo de câncer mais incidente entre mulheres. Para cada ano do triênio 2023-2025 foram estimados 17.010 casos novos, o que representa uma taxa bruta de incidência de 15,38 casos a cada 100 mil mulheres (INCA, 2022


PUBLICIDADE

Mas afinal, o que é câncer do colo de útero?

O colo do útero é a parte do útero localizada no final da vagina, entre órgãos externos e internos, ponto que fica mais exposto ao risco de contrair doenças. O câncer de colo de útero é um tipo de câncer que demora para se desenvolver, caracterizado pela alteração das células uterinas. A principal causa do seu surgimento é a ocorrência de infecções por alguns tipos de tipos de vírus chamados de HPV – Papiloma Vírus Humano. Fatores como o início precoce da atividade sexual, a diversidade de parceiros, o fumo e a má higiene íntima podem facilitar a infecção.


Prevenção

A vacinação, em conjunto com o exame preventivo (Papanicolaou) e ter qualidade de vida.


HC Notícias
48 3191-0403
48 9 8806-3734
Rua Altamiro Guimarães, 50
88701-300 - Centro - Tubarão/SC
Hora Certa Notícias © 2019. Todos os direitos reservados. Política de Privacidade

Utilizamos cookies essenciais e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade e, ao continuar navegando, você concorda com estas condições.