domingo, 26 de maio de 2024
Facebook Instagram Twitter Youtube TikTok E-mail
48 3191-0403
Geral
18/02/2024 19h08

Testemunha diz que Brigada Militar algemou homem negro e deixou agressor livre em Porto Alegre

O agressor, um homem branco, foi tratado de forma cordial e educada pelos agentes da Brigada Militar

Um vídeo que circula nas redes sociais mostra policiais militares prendendo uma vítima de esfaqueamento e deixando o agressor livre. O registro foi feito por diversas testemunhas, que relataram a indiferença dos agentes públicos em relação aos ferimentos da vítima, um homem negro.


Uma dessas testemunhas, que relatou que estava na rua do incidente, quando tudo aconteceu e viu que os policiais trataram a vítima que estava ferida e sangrando de forma truculenta. Já o agressor, um homem branco, foi tratado de forma cordial e educada.

PUBLICIDADE
“A polícia chegou, e aí, a abordagem da polícia é como o vídeo mostra. Simplesmente, não consideram um agressor que está com uma faca na mão. A vítima só estava com o celular na mão, mas a polícia chega em cima da vítima”, explicou uma testemunha.


As imagens corroboram a versão e mostram um homem negro denunciando uma tentativa de homicídio por parte de um homem branco. Ele avisa os policiais da Brigada Militar que o homem branco tentou dar golpes de faca em seu pescoço.


Testemunhas também avisam os policiais sobre o ocorrido, mas mesmo assim, os agentes preferem deter o homem negro, pressionando ele contra a parede, optando por deixar o homem branco livre.

PUBLICIDADE
“Chegou a polícia uns 10 minutos depois, e fez a abordagem na vítima. Acabou levando ela à força, no camburão na parte de trás. O agressor não foi incomodado, subiu, largou a faca em casa, trocou a roupa”, diz.


Os relatos indicam que o agressor seria morador de um condomínio e já teria discutidos com motoboys que ficam parados no local. Ele foi levado para a delegacia após trocar de roupa.


Após o caso repercutir, o governador do Rio Grande do Sul, Eduardo Leite (PSDB), determinou abertura de investigação de sindicância para investigar a abordagem realizada pela Brigada Militar.


HC Notícias
48 3191-0403
48 9 8806-3734
Rua Altamiro Guimarães, 50
88701-300 - Centro - Tubarão/SC
Hora Certa Notícias © 2019. Todos os direitos reservados. Política de Privacidade

Utilizamos cookies essenciais e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade e, ao continuar navegando, você concorda com estas condições.