segunda, 04 de março de 2024
Facebook Instagram Twitter Youtube E-mail
48 3191-0403
Geral
16/06/2019 14h17

Brasileira de 15 anos representa o país em fórum na Bélgica

O encontro reúne líderes, influenciadores, pesquisadores e estudantes do mundo inteiro e de todas as idades para partilhar ideias e experiências, de forma a inspirar novas parcerias e soluções inovadoras para os desafios urgentes do mundo.
Brasileira de 15 anos representa o país em fórum na Bélgica
O fórum de desenvolvimento social European Development Days (EDD19), que será realizado em Bruxelas (Bélgica) nos próximos dias 18 e 19, contará com a participação de uma brasileira de 15 anos. Samila Ferreira mora na comunidade Parque Santa Maria, na região Ancuri, em Fortaleza, e coordenou projeto-piloto com mais nove jovens sobre discriminação contra crianças e adolescentes. A pesquisa teve o apoio da organização não governamental (ONG) World Vision Internacional e do Brasil.

Por meio de questionários e entrevistas feitos na comunidade e na escola, o estudo identificou as discriminações que mais causam violência contra crianças e adolescentes nos dois ambientes. "A conclusão é que as discriminações que mais ocorrem são racismo, desigualdade de gênero, a questão da aparência, aí incluídas pessoas que têm características afrodescendentes", disse Samila à Agência Brasil. Outras discriminações encontradas dizem respeito a pessoas LGBT, classe social, machismo. "As crianças que mais sofrem discriminação são pobres e muitas são negras", completou a adolescente. Em relação ao machismo, destacou que as meninas não participam muito das atividades. "São excluídas".

Samila vai representar o país no evento, organizado pela Comissão Europeia, a metodologia Monitoramento Jovem de Políticas Públicas (MJPOP ), criada pela ONG Visão Mundial para monitoramento de políticas públicas nas áreas de saúde, educação, esporte e lazer, que prepara adolescentes e jovens para liderar processos políticos em suas comunidades, visando a garantir a efetivação de direitos. "Vou contar como foi a minha experiência. Como me senti entrevistando as crianças e os adolescentes. Vou falar o que a gente descobriu". Samila confia que os jovens podem criar métodos para evitar e reduzir essas discriminações. "Com certeza, a gente pode fazer campanhas, buscar coisas para fazer a diferença e reduzir essas desigualdades".

Como é menor de idade, Samila foi acompanhada na viagem ao exterior por Clarice Ziller, assessora de "advocacy" (defesa e argumentação em favor de uma causa) e de relações internacionais da ONG Visão Mundial. Elas viajaram sexta-feira (14) para a Bélgica. O retorno a Fortaleza está previsto para o dia 21.

Políticas públicas
O encontro reúne líderes, influenciadores, pesquisadores e estudantes do mundo inteiro e de todas as idades para partilhar ideias e experiências, de forma a inspirar novas parcerias e soluções inovadoras para os desafios urgentes do mundo. É o principal fórum de desenvolvimento social da Europa. Reúne representantes de mais de 150 países e mais de 100 líderes mundiais. Este ano, a linha principal do encontro é "Abordar as desigualdades: Construir um mundo que não deixa ninguém para trás".

 

 
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE

HC Notícias
48 3191-0403
48 9 8806-3734
Rua Altamiro Guimarães, 50
88701-300 - Centro - Tubarão/SC
Hora Certa Notícias © 2019. Todos os direitos reservados. Política de Privacidade

Utilizamos cookies essenciais e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade e, ao continuar navegando, você concorda com estas condições.