segunda, 04 de março de 2024
Facebook Instagram Twitter Youtube E-mail
48 3191-0403
Geral
03/06/2019 16h40

No país: MC Reaça é suspeito de espancar mulher antes de se matar

Em áudio divulgado nas redes sociais, músico pede à mulher: "Se a Lídia não perder o bebê, ajuda ela por favor". A suspeita é de que ele tenha agredido a amante por causa de uma possível gravidez. Em outro áudio, a mãe da vítima nega que a filha estivesse grávida.
No país: MC Reaça é suspeito de espancar mulher antes de se matar
O corpo do DJ Tales Volpi, conhecido como MC Reaça, foi encontrado com sinais de enforcamento na noite desse sábado em uma rodovia de São Paulo. O músico ficou conhecido nas redes sociais por debochar de partidos e temáticas de esquerda e exaltar ideias consideradas de direita, alinhadas ao presidente Jair Bolsonaro. A Polícia Militar trata o caso como "possível suicídio".
No domingo, vários amigos e fãs prestaram homenagem ao músico, incluindo Jair Bolsonaro. "Tales Volpi, conhecido como Mc Reaça, nos deixou no dia de ontem. Tinha o sonho de mudar o país e apostou em meu nome por meio de seu grande talento. Será lembrado pelo dom, pela humildade e por seu amor pelo Brasil. Que Deus o conforte juntamente com seus familiares e amigos", tuitou o presidente.

Ainda na noite de domingo, veículos de comunicação do interior de São Paulo divulgaram que, antes de tirar a própria vida, Tales Volpi teria agredido uma mulher. A denúncia foi confirmada pela Polícia Civil de Valinhos. A vítima tem 28 anos, se identificou como namorada do músico e foi encaminhada para o hospital com edemas no rosto e fraturas no maxilar. A ocorrência foi registrada como lesão corporal e violência doméstica.
A denúncia causou alvoroço nas redes sociais. Áudios e vídeos foram atribuídos ao músico e a famíliares da mulher vítima do espancamento. Até o momento, nem a polícia, nem as partes envolvidas confirmaram a autenticidade das gravações. Em uma delas, Tales Volpi manda mensagem para uma mulher, que seria sua esposa, pedindo que ela cuide do filho "da Lídia". Ele também diz para ela não ficar triste, que ela é forte, mas ele não e que está na hora de fazer "a viagem".

Em outra gravação, atribuída à mãe da mulher agredida por Tales Volpi, ela diz que a filha não estava grávida, que não está internada na UTI, mas teve o maxilar deslocado e terá que passar por cirurgia. O áudio teria sido gravado durante o velório do músico.

Transcrição dos áudios

"Amor da minha vida, a minha moto está na rodovia, tá? E eu entrei pra dentro do mato aqui. Eu quero te dizer que tudo que você fez por mim, você fez do jeito certo. Não chora, não fica triste. Vive a tua vida. Procura um homem bom pra você. Diz pro meu pai que eu amei ele muito a minha vida inteira. Diz pra Sueli cuidar dele porque ele vai precisar. Eu só não queria nunca ter sido um bastardo. Eu queria ter sido um filho melhor. Fala pra ele. E se a Lídia não perder o bebê, ajuda ela, por favor. Tá? Brigado. Agradece a tua família por tudo, de verdade. Você é forte, amor. Mas eu não sou, tá? Eu tô indo nessa. Tá na hora de eu fazer minha viagem. Eu não sei o que vou encontrar do outro lado".

"Fiquei com pena que o pai dele ainda não está aqui. E a madrasta. Eu gostaria de abraçar eles pessoalmente e dar a eles minha gratidão, porque graças a eles a minha filha ficou bem. Não está na UTI. Está na enfermaria. Não está grávida. Deslocou, ali ele vai ter que ajeitar(o maxilar). Está deslocado, tem que arrumar dos dois lados".

Fonte: CB
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE

HC Notícias
48 3191-0403
48 9 8806-3734
Rua Altamiro Guimarães, 50
88701-300 - Centro - Tubarão/SC
Hora Certa Notícias © 2019. Todos os direitos reservados. Política de Privacidade

Utilizamos cookies essenciais e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade e, ao continuar navegando, você concorda com estas condições.