sábado, 02 de março de 2024
Facebook Instagram Twitter Youtube E-mail
48 3191-0403
Geral
05/04/2019 23h21

Pinhão deve ter safra menor e preço mais alto em Santa Catarina

A queda pode ser entre 30% e 50% com relação ao ano passado, quando foram colhidas 3.500 toneladas de pinhão na Serra catarinense.
Pinhão deve ter safra menor e preço mais alto em Santa Catarina
A safra do pinhão deste ano tem previsão de ser menor e, com isso, o preço do produto deve aumentar em Santa Catarina. A queda pode ser entre 30% e 50% com relação ao ano passado, quando foram colhidas 3.500 toneladas de pinhão na Serra catarinense, segundo a Empresa de Pesquisa Agropecuária e Extensão Rural de Santa Catarina (Epagri).

Especialistas dizem que a explicação para a queda da produção pode estar no clima. Estudos mostram que a polinização é uma época crítica, então qualquer evento de muita chuva, umidade relativa do ar muito elevada, pode ter alguma interferência. Com a safra menor, o preço aumenta para o produtor.

"A safra ela é menor, mas, o preço ele é melhor. A produtividade ela vai ser boa, a pinha não é tão falhada. É um pinhão de boa qualidade, acreditamos que o produtor vai ter uma boa rentabilidade", afirmou o extensionista rural da Epagri, César Arruda.

E é isso que está acontecendo. O preço do quilo do pinhão pago ao produtor, que está em média R$ 6, já é quase o dobro do ano passado. Bom para quem trabalha no campo, mas nem tanto assim para o consumidor.

O produto chega ao supermercado ainda mais caro. Em Lages o quilo do pinhão é vendido por até R$ 15, cerca de 80% a mais que no mesmo período do ano passado.

Colheita do pinhão
A colheita do pinhão no estado começou em 1º de abril. Cerca de 100 famílias trabalham na atividade na Serra, que é a principal produtora no estado.

 
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE

HC Notícias
48 3191-0403
48 9 8806-3734
Rua Altamiro Guimarães, 50
88701-300 - Centro - Tubarão/SC
Hora Certa Notícias © 2019. Todos os direitos reservados. Política de Privacidade

Utilizamos cookies essenciais e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade e, ao continuar navegando, você concorda com estas condições.