quinta, 25 de abril de 2024
Facebook Instagram Twitter Youtube TikTok E-mail
48 3191-0403
Geral
08/03/2019 18h00

Tubarão-martelo, que morreu na praia do Ipuã, será exposto em museu no Norte de SC

Animal deve ser levado para a cidade de Piçarras nesta sexta-feira, 08.
Tubarão-martelo, que morreu na praia do Ipuã, será exposto em museu no Norte de SC
Considerado ameaçado de extinção, o tubarão-martelo que morreu no começo da tarde de quinta-feira, 07, na praia do Ipuã, na região da ilha de Laguna, será exposto no Museu Oceanográfico da Universidade do Vale do Itajaí (Movi), em Piçarras, no litoral Norte catarinense. O animal foi avistado na manhã do mesmo dia, ainda com vida, por moradores e banhistas do balneário que, inclusive, tentaram ajudar o tubarão a voltar ao mar, mas ele acabou retornando e encalhando na orla de Ipuã. “Quando chegamos, o tubarão já estava morto. Não sabemos a causa da morte do animal, acreditamos que ele estava debilitado ao ponto de encalhar na praia”, explica Fernando Magoga, tenente da Polícia Militar Ambiental. O motivo que provocou a morte do animal não poderá ser determinado em virtude da realização dos procedimentos para a exposição ao público. Segundo Pedro Wolkmer de Castilho, professor da Udesc, e coordenador do Projeto de Monitoramento de Praias da Bacia de Santos (PMP-BS), o animal que encalhou em Laguna, é um exemplar raro da espécie Sphyrna lewini. “Estimamos ele em 3,10 metros, o que o caracteriza como macho. Pela curva de crescimento e pelos dados que temos em bibliografia, esse tamanho é de um animal de aproximadamente 20 a 25 anos de idade. Ele aparenta ter uma condição corpórea abaixo da normalidade”, explica. Castilho conta que ainda na quinta-feira fez contato com a equipe do museu, um dos maiores da América Latina, para que pudesse receber o exemplar. “Não teríamos condições, nem tempo hábil para fazer a preparação para a exposição e nem onde colocar aqui em Laguna. Fizemos a negociação com o museu e eles manifestaram de forma positiva para receber o tubarão”, pontua. A expectativa é de que nesta sexta-feira, 08, o animal seja transportado para Piçarras, onde deve passar por todo um processo de embalsamento com duração de até dois meses, podendo ser exibido ao público a partir de maio deste ano. Com informações de Agora Laguna
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE

HC Notícias
48 3191-0403
48 9 8806-3734
Rua Altamiro Guimarães, 50
88701-300 - Centro - Tubarão/SC
Hora Certa Notícias © 2019. Todos os direitos reservados. Política de Privacidade

Utilizamos cookies essenciais e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade e, ao continuar navegando, você concorda com estas condições.