sábado, 31 de outubro de 2020
Facebook Instagram Twitter Youtube E-mail
48 3191-0403
Tubarão
22 ºC 12 ºC
Geral
27/01/2019 15h38

Após cancelar evacuamento, bombeiros voltam a fazer buscas por vítimas

Acesso ao centro de Brumadinho foi liberado e bombeiros ainda acreditam na possibilidade de encontrar pessoas com vida.
Após cancelar evacuamento, bombeiros voltam a fazer buscas por vítimas
O Corpo de Bombeiros voltou a realizar buscas em Brumadinho (MG). A atividade havia sido suspensa durante evacuação da cidade após risco de rompimento da Barragem VI. A entrada do centro da cidade foi liberada e os moradores, autorizados a voltarem às suas casas. O Corpo de Bombeiros estava monitorando o volume de água no complexo. As autoridades baixaram o risco para o nível um, antes estava em dois em uma escala de três pontos.

Segundo o porta-voz do Corpo de Bombeiros, Pedro Aihara, ainda existe a possibilidade de encontrar pessoas com vidas. Mas foi preciso suspender o trabalho para não colocar em perigo as equipes de resgate. O caminho percorrido pela lama estava dentro da risco do novo rompimento. Além de deixar 3 mil desabrigados, a quebra da nova barragem poderia deixar 24 mil pessoas sem energia e água.
Comunidades inteiras haviam sido evacuadas. Todas as famílias de Pires e Parque da Cachoeira foram retiradas de suas casas. Mas os militares ainda trabalhavam em outras zonas de risco: Novo Progresso, Ipiringa, Centro, São Conrado, Santo Antônio e Cohab.
A Defesa Civil está trabalhando com a Vale para juntar a lista de desaparecidos. Moradores estavam reclamando que os nomes divulgados pela mineradora só contemplava funcionários da empresas. Terceirizados e moradores de Brumadinho teriam ficado de fora. “Vamos refinar os números, mas por enquanto são: 361 localizados, 287 desaparecidos, 192 resgatados e 37 mortos”, explicou o tenente-coronel Flávio Godinho.

Enquanto isso, a Polícia Civil continua trabalhando em Belo Horizonte para identificar os corpos encontrados e alimentando o banco de vítimas e desaparecidos. Segundo o chefe da Polícia Civil da MG Wagner Pinto de Souza, 16 pessoas foram reconhecidas e oito já foram entregues.
PUBLICIDADE

HC Notícias
48 3191-0403
48 9 8806-3734
Rua Altamiro Guimarães, 50
88701-300 - Centro - Tubarão/SC
Hora Certa Notícias © 2019. Todos os direitos reservados.
Demand Tecnologia