terça, 24 de novembro de 2020
Facebook Instagram Twitter Youtube E-mail
48 3191-0403
Tubarão
30 ºC 17 ºC
Geral
25/01/2019 21h09

Brumadinho: Confirmados 7 mortos, 5 feridos e 200 desaparecidos

No total, 51 bombeiros militares e seis aeronaves estão envolvidas nos resgates.
Brumadinho: Confirmados 7 mortos, 5 feridos e 200 desaparecidos
O prefeito de Brumadinho (MG), Avimar de Melo (PV), disse em entrevista à Globonews que já foram encontrados sete corpos entre os rejeitos da barragem que se rompeu em Brumadinho. Estima-se que a maioria das vítimas trabalhe para a Vale do Rio Doce, responsável pela barragem Mina Feijão: de acordo com a companhia, no momento da tragédia, 300 funcionários estavam na unidade.

O Corpo de Bombeiros confirmou que 200 continuam desaparecidas. Além dos bombeiros, a Defesa Civil do estado trabalha no atendimento às vítimas.

De acordo com os bombeiros, o Centro Social do Córrego do Feijão, nas proximidades de um campo de futebol, foi usado para montar a operação. O local está sendo utilizado como área de avaliação e triagem de vítimas para atendimento médico.
No total, 51 bombeiros militares e seis aeronaves estão envolvidos nos resgates. Conforme os bombeiros de MG, “às 15h50, o rejeito atingiu o Rio Paraopeba”.

Por volta das 19h, o Hospital João XXXIII, de Belo Horizonte, atualizou o número de vítimas que deram entrada na unidade. Até o momento, cinco pessoas passam por avaliação médica e fazem exames. As vítimas são 3 mulheres (15, 22 e 43 anos) e 2 homens (ambos com 55 anos). O quadro é considerado estável e todos estão conscientes.

Trabalhadores
O secretário municipal de Meio Ambiente de Brumadinho, Daniel Hilário, disse ao Estadão/Broadcast Político que a mineradora Vale “não quer passar a relação dos funcionários que trabalhavam na área no momento em que a barragem se rompeu”.
Segundo o presidente da Vale do Rio Doce, Fabio Schvartsman, quando a barragem rompeu havia 300 funcionários da empresa no local.

O prefeito de Brumadinho, Nenen da Asa (PV), confirmou pouco antes das 20h, que 100 pessoas tinhas sido encontradas, 200 estavam desaparecidas e sete corpos foram resgatados.

Desastre
Mais cedo, nesta sexta (25), a barragem Mina Feijão explodiu no município mineiro. O desastre espalhou lama pela cidade e fez alguns moradores deixarem as casas – os que residem na parte mais baixa da região. Equipes de bombeiros e da Defesa Civil foram mobilizadas para a área e estão em busca de vítimas.

A Prefeitura Municipal de Brumadinho chegou a pedir, por meio das redes sociais, que a população da cidade mantenha distância do Rio Paraopeba, um dos principais afluentes do Rio São Francisco. Até o momento, não há informações sobre o número de feridos.

Fonte: Metrópoles
PUBLICIDADE

HC Notícias
48 3191-0403
48 9 8806-3734
Rua Altamiro Guimarães, 50
88701-300 - Centro - Tubarão/SC
Hora Certa Notícias © 2019. Todos os direitos reservados.
Demand Tecnologia