terça, 27 de fevereiro de 2024
Facebook Instagram Twitter Youtube E-mail
48 3191-0403
Geral
24/01/2019 09h02

Em SC: Após ser abusada, cadela ganha novo lar

A cadela foi vítima de estupro cometido por um detento que fazia serviços no pátio da prefeitura. Após a repercussão do caso, uma ONG resgatou o animal e encontrou uma cuidadora. 
Em SC: Após ser abusada, cadela ganha novo lar
A cadela que foi vítima de um estupro no parque de máquinas da prefeitura de Joaçaba, foi entregue para sua nova cuidadora.

O animal vivia no pátio do espaço público com mais dois cães, sendo que um deles já havia sido resgatado também na tarde de ontem pela ONG Bom Pra Cachorro.

A entrega da cachorra foi feita pelo secretário de obras Vilson Sartori. Sabrina Lopes, que adotou a cadela, esteve acompanhada por Tere Romanetto, da ONG Bom Pra Cachorro. Agora, ela receberá cuidados veterinários e também reabilitação através da ONG e de sua nova cuidadora.

O caso

O prefeito Dioclésio Ragnini informou que assim que soube do abuso da cadela, cometido por um detento do presídio de Joaçaba que fazia serviços no local, um processo administrativo foi instaurado, para saber as circunstâncias em que o fato aconteceu e por que houve a demora em levar o animal para receber atendimento veterinário, já que foi registrado no sábado, 12, e a cadela só recebeu atendimento veterinário no dia 17, quinta-feira.

A assessoria jurídica da prefeitura de Joaçaba informou ao Portal Éder Luiz que o preso perdeu o direito de trabalhar fora da unidade prisional, voltando ao regime fechado.

A prefeitura mantém um convênio com o presídio para ressocialização dos presos e é a direção da unidade que determina quais podem ser aproveitados em trabalhos externos. O crime também será apurado pela Polícia Civil.

Fonte: EL
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE

HC Notícias
48 3191-0403
48 9 8806-3734
Rua Altamiro Guimarães, 50
88701-300 - Centro - Tubarão/SC
Hora Certa Notícias © 2019. Todos os direitos reservados. Política de Privacidade

Utilizamos cookies essenciais e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade e, ao continuar navegando, você concorda com estas condições.