quinta, 01 de outubro de 2020
Facebook Instagram Twitter Youtube E-mail
48 3191-0403
Tubarão
ºC ºC
Geral
21/11/2018 14h25

Projeto que proíbe fogos de artifício sonoros é aprovado em primeira votação em Laguna

A justificativa é de que o ruído sonoro prejudica os idosos, portadores de necessidades especiais e os animais. O texto segue para segunda votação na próxima sessão.
Projeto que proíbe fogos de artifício sonoros é aprovado em primeira votação em Laguna
O projeto de lei 078/2018, que trata da proibição do uso de fogos de artifício com ruídos sonoros no município de Laguna, foi aprovado em primeira votação, por maioria, na noite desta terça-feira (20) em sessão na Câmara de Vereadores.

A proposta é de autoria da vereadora Nádia Tasso Lima (MDB), que já havia apresentando o tema em 2017, na época não sendo acolhido pelos edis lagunenses. A proibição no uso dos artefatos é estendida à recintos fechados e abertos, sejam áreas públicas ou privadas.

Votaram a favor
Vereadores Cleosmar Fernandes (MDB), Kleber Roberto Lopes (PP), Patrick Mattos de Oliveira (PP), Peterson Crippa (PP), Rhoomening Rodrigues (PSDB), Roberto Alves (PP), Rogério Medeiros (MDB), Valdomiro Barbosa de Andrade (MDB), além da autora da matéria;

Votos contrários
Adilson Paulino (PSD), Rodrigo Moraes (PR) e Thiago Duarte (MDB).

Apenas a ausência de Osmar Vieira (PSDB), foi registrada.

Nádia pautou seu projeto, justificando que o ruído sonoro prejudica os animais e também pessoas com mais idade, além de portadores de necessidades especiais. Antes da votação, ela usou seu tempo no grande expediente da casa para ressaltar a importância da matéria.

Mesmo com a aprovação inicial, o texto segue para segunda votação na próxima sessão. Se mantido o acolhimento da maioria, irá para sanção do prefeito Mauro Candemil, que pode vetar ou não a lei.

Fonte: Portal Agora Laguna
Foto: Elvis Palma
PUBLICIDADE

HC Notícias
48 3191-0403
48 9 8806-3734
Rua Altamiro Guimarães, 50
88701-300 - Centro - Tubarão/SC
Hora Certa Notícias © 2019. Todos os direitos reservados.
Demand Tecnologia