quarta, 02 de dezembro de 2020
Facebook Instagram Twitter Youtube E-mail
48 3191-0403
Tubarão
25 ºC 19 ºC
Geral
17/11/2018 12h00

Governo de Içara lamenta saída de nove profissionais cubanos

Somente nos primeiros seis meses de 2018 os médicos cubanos que atuam em Içara realizaram 19.274 procedimentos entre consultas, pré-natal, receitas e trocas de receitas e atendimentos domiciliares. Eles também são responsáveis, até o momento, por 23.450 habitantes.
Governo de Içara lamenta saída de nove profissionais cubanos
Nove postos vazios, com equipamentos, equipes de trabalho, mas sem médicos. Essa será a realidade de Içara após o dia 24 de dezembro, quando os nove médicos cubanos que integram o Mais Médicos deixarem o programa.
O anúncio nesta semana deixou os profissionais, o prefeito Murialdo Canto Gastaldon e a secretária de Saúde Jaqueline dos Santos surpresos. “Esperamos que o presidente mude seu pensamento, pois já voltou atrás, acertadamente, em outras ocasiões”, ressaltou o chefe do executivo.

Atualmente o município, que tem quase 60 mil habitantes, conta com 21 médicos na atenção básica, e mais 34 médicos especialistas.

Uma reunião foi realizada na Secretaria de Saúde, com todos os médicos, para ouvi-los e orientá-los sobre os encaminhamentos. “É um dos programas que mais deu certo, funcionando 100% e atendendo populações nas periferias, na região amazônica, no interior. Vocês prestaram um trabalho fantástico para o Brasil”, destacou a presidente da FAI Ceneli de Freitas Gastaldon, que também participou da reunião e agradeceu o trabalho prestado pelos cubanos.

“Estamos tristes e preocupados. Nossa profissão é como um sacerdócio, levamos a sério, construímos vínculos. Quando conversamos com as pessoas muitos já chegam chorando, pois estão tristes com a nossa partida. Desempenhamos nossa função com amor”, disse a médica Ester Karina Abeledo Mena, que atua na ESF do bairro Jussara.

Prejuízos

Segundo a secretária, um novo edital deverá ser lançado pelo Governo Federal, conforme noticiado pelo Ministério da Saúde. “Esperamos que outros médicos brasileiros possam ocupar as vagas e que também não tenhamos nenhuma perda para os moradores de Içara”, destaca.

As demandas aumentarão e em breve novos comunicados de orientação serão emitidos pela Secretaria de Saúde. “Vamos ter que remanejar os usuários para outros locais. Esperamos que até lá o governo federal já tenha tomado providência”, frisa.

Atuação

Todos os médicos que atuam em Içara, desde 2013, desenvolvem ações na Atenção Básica. Somente nos primeiros seis meses de 2018 os médicos cubanos que atuam em Içara realizaram 19.274 procedimentos entre consultas, pré-natal, receitas e trocas de receitas e atendimentos domiciliares. Eles também são responsáveis, até o momento, por 23.450 habitantes.
PUBLICIDADE

HC Notícias
48 3191-0403
48 9 8806-3734
Rua Altamiro Guimarães, 50
88701-300 - Centro - Tubarão/SC
Hora Certa Notícias © 2019. Todos os direitos reservados.
Demand Tecnologia